Os benefícios que o “cafezinho nosso de cada dia” traz para a saude.

03 fev

A bebida, famosa por dar mais disposição, é ótima pedida para todas as ocasiões e tem lugar especial no coração dos apreciadores. Mas, além do sabor inconfundível, o café também traz diversos benefícios para a saúde de quem o consome, desde diminuir a sensação de cansaço e acelerar o metabolismo até prevenir doenças cardíacas.

O dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, dá cinco motivos para começar a beber café, mas com moderação, uma vez que o excesso da cafeína pode causar dependência e síndromes de privação, principalmente nos finais de semana, longe da rotina de trabalho. Além disso, a quantidade recomendada não deve ultrapassar 300 ml por dia ou três xícaras.

 Mais energia no dia a dia

A cafeína influencia na quantidade de dopamina e noradrenalina, estimulando o estado de alerta e a concentração. Esse benefício é particularmente útil para os dias em que já existe um cansaço ainda pela manhã ou quando é preciso permanecer acordado por um período maior de tempo.

Combate a depressão

Foi comprovado, pela Harvard School of Public Health, o efeito antidepressivo natural da cafeína, uma vez que ela estimula o sistema nervoso central, aumentando a produção de alguns neurotransmissores cerebrais – noradrenalina, dopamina e serotonina. Sendo assim, os mesmos hormônios que dão mais energia também serão responsáveis pela sensação de bem-estar.

 Acelera o metabolismo e queima calorias

Segundo o dr. João Merheb, nutrólogo do Hospital São Lucas Copacabana, o café também favorece o aumento do metabolismo basal e eleva os níveis de adrenalina no sangue, hormônio que atua na quebra das células de gordura, liberando mais ácidos graxos livres, que beneficiarão o desempenho em atividades aeróbicas. Mais energia e disposição para o corpo.

 Alívio para dores de cabeça

Outro benefício notável do cafezinho é sua capacidade de aliviar dores de cabeça quando ingerido nos primeiros momentos da dor.

 Previne doenças cardíacas

Uma capacidade pouco conhecida do café é que ele pode prevenir doenças cardíacas, por causa da presença de polifenóis, substância química presente em algumas plantas. Um estudo realizado na Universidade de São Paulo (USP), publicado em janeiro de 2017 no Nutrients Open Acces Human Nutritions Journal, demonstrou que os indivíduos que consumiram de uma a três xícaras de café por dia reduziram em 55% a chance de ter alta pressão sistólica e em 56% a chance de ter alta pressão diastólica, quando comparados com indivíduos que consumiam menos de uma xícara por dia. O mesmo resultado não foi observado naqueles indivíduos que consumiram mais de três xícaras por dia.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!